You Are Here: Home » Editorias » Cinema » Whiplash – em busca da perfeição

Whiplash – em busca da perfeição

Por Dayane Andrade

whiplash
Um filme sobre batalhas. É assim que Damien Chazelle quer que os expectadores vejam o longa Whiplash – em busca da perfeição. A obra, inspirada na época em que o diretor tocava bateria em uma banda de jazz muito competitiva, retrata os momentos de tensão, medo, ansiedade e estresse de um estudante de música.

O jovem ator Miles Teller (Andrew) esbanja talento em sua atuação. Muito familiarizado com a música desde a adolescência, contou com o apoio de um especialista para aprender as batidas do jazz percussão, algo muito diferente do rock que Teller estava acostumado a tocar em sua banda, The Silencia. Sim, Teller toca as músicas que você vai ouvir no filme. Mas, por trás de toda a trilha há um grande trabalho de edição de Tom Cross, que já vem sendo premiado mundialmente.

Assistir a dedicação de Andrew com suas mãos sangrando de tanto ensaiar e terminar o namoro com a linda Nicole (Melissa Benoist) é de arrepiar! Tudo isso é resultado do carrasco professor Fletcher, interpretado pelo experiente J.K Simmons. Determinado em encontrar o novo ícone do jazz, Fletcher é o pior pesadelo de seus pupilos. As humilhações e severidade do instrutor são temidas por todos.

Andrew e Fletcher travam uma batalha. É como o diretor Damien disse, “é como um filme de boxe, onde você tem duas pessoas se enfrentando”. É uma luta pela perfeição e superação. A batalha entre os dois é algo angustiante, claustrofóbico e chega a beirar a insanidade.

A perfeição exige muito sacrifício, independente da profissão. Por isso o filme não é só para os amantes do jazz ou mesmo músicos de plantão. Ele dá uma grande lição de vida sobre a conquista de desafios e superação de limites para qualquer pessoa.

Whiplash – em busca da perfeição é uma das grandes apostas do Oscar 2015, e já recebeu prêmios quando foi lançado ainda como um curta-metragem, em 2013. A atuação de J.K. Simmons já levou o Globo de Ouro deste ano e é grande candidata para ganhar a estatueta de ouro na mesma categoria.

Sobre o Editor

Dayane Andrade

Jornalista, pós-graduada em Teorias e Práticas da Comunicação. Atualmente sou consultora de mídias sociais. Adoro poesia, clássicos da literatura brasileira e estrangeira. Enfim, um bom livro é sempre uma ótima companhia!

Número de Postagens : 138

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top