You Are Here: Home » Editorias » Música » Surpreendido pela obra de Marcelo Jeneci

Surpreendido pela obra de Marcelo Jeneci

Por Antonio Saturnino

Foto: Antonio Saturnino

Certa vez assisti a um show da Zélia Duncan, no qual ela comentou que, para ir a um show não precisamos saber todas as músicas ou conhecer tudo sobre o cantor. Devemos nos deixar ser surpreendidos e experimentar coisas novas.

Seguindo este conselho, fui ao show do cantor Marcelo Jeneci, no último dia 11 de junho, véspera do Dia dos Namorados. Quando cheguei, grande parte dos lugares do Tom Jazz, casa onde aconteceu a apresentação, já estava ocupada e logo percebi o clima de romance no ar. Muitos casais prestigiaram o músico e acredito que o programa tenha feito parte da agenda do fim de semana romântico.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=8HkGvlcEQMM]

Nesta performance, Jeneci cantou praticamente todas as canções de seu álbum “Feito pra acabar” e, no final, ainda abriu espaço para pedidos da plateia. Em todas as faixas ele divide o palco com a Laura Lavieri. A participação dela é tão marcante, que ele não descarta a possibilidade de assinarem juntos um próximo projeto.

Algo bastante perceptível é que Jeneci possui inúmeras influências. Em algumas faixas percebe-se uma levada mais Rock’n Roll, em outras um toque mais romântico, passando inclusive pelo popular. Esta versatilidade vê-se também pelos variados instrumentos que ele toca durante o show… desde o clássico violão ao piano, passando, inclusive, pelo acordeon.

Fui ao show com uma noção básica do que me aguardava. Fui, porém, surpreendido ao ver minhas expectativas superadas. Uma ótima véspera de Dia dos Namorados para um solteiro.

O espetáculo faz parte do Projeto Sons da Nova, da rádio Nova Brasil FM. Grandes nomes ainda estão por vir, portanto, antenas ligadas! 

Confiram todas as fotos do show em nosso Flickr.

Sobre o Editor

Antonio Saturnino

Atleta frustrado, jornalista por formação e "cantor" de karaokê nas horas vagas. Sou apaixonado pelas diversas manifestações artísticas, porém com uma relação mais íntima com a música. É ela quem dá ritmo à minha vida e se encarrega de escolher a trilha sonora adequada para cada momento.

Número de Postagens : 375

Comentários (2)

  • Neli

    Parabéns pela Entrevista muito gostosa intercalando com trechos do show…eu não diria brega, mas a canção felicidade nesse dueto, desde a primeira vez que a ouvi me remeteu a Jovem Guarda, sei lá. Lembrei de algumas coisas daquela época e eu não diria brega kk, mas sei que não é voce quem disse e sim alguns críticos. Esse é um show que ainda pretendo assistir, principalmente depois de ouvir Borboletas dele e de Zelia Duncam que eu amei
    bjs

    • Antonio Saturnino

      ssaturnino

      Eu não acho nada brega… Realmente acho o trabalho do cara fantástico.
      Já viu o clipe de Felicidade?? Ficou a coisa mais linda… O show dele eu recomendo!!!
      Bjos

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top