You Are Here: Home » Editorias » Teatro » Pergunte ao tempo

Pergunte ao tempo

Por Renniê Paro

Se você pudesse voltar no tempo, em um específico momento, qual escolheria? ​

O conceito de tempo é algo que desperta interesse no homem desde que o mundo é mundo. O fato de não conseguirmos entendê-lo por completo, instiga e inspira pensadores por milênios. ​Há alguns séculos antes de Cristo, Platão dividiu o mundo em dois: O real, referente ao mundo inteligível, palpável e racional. E o irreal, referente ao universo das sensações, daquilo que “não é”, do inexplicável e do irracional. Foi nesse mundo do “não ser” que Platão inseriu a ideia de tempo. Para o filósofo, sendo esse um conceito relativo e variável, o tempo essencialmente não existe. ​

DSC_9091OK-final-606x404

Em Pergunte Ao Tempo, Otávio Martins, que assina e dirige a obra e acumula sucessos, como Divórcio e Caros Ouvintes, retrata, de forma leve e sensível, a velhice a coragem e a perseverança. O elenco é composto por Luiz Damasceno, Giovani Tozi e Guta Ruiz.

Quando uma oportunidade bate à nossa porta é preciso estar atento para que ela não se perca ou se junte às possíveis frustrações do passado. Não importa o quanto tentamos, fracassar faz parte da jornada da vida. Mas, e se pudéssemos voltar no tempo e ajustar algumas coisas? Ou mesmo avançar para evitar outras?

Pergunte ao Tempo sugere o improvável encontro de três personagens. O moço desconfiado, a moça de sorriso aberto e o senhor mau humorado, que se encontram na noite de ano novo para uma breve e esclarecedora conversa. Em um jogo vertiginoso de muitas perguntas e poucas respostas o texto aponta questionamentos a respeito das escolhas que são feitas cotidianamente.

Serviço
Pergunte ao Tempo
Centro Cultural Banco do Brasil
Segunda e Quarta às 20h

Sobre o Editor

Renniê Paro

Jornalista, assessora de comunicação e poetisa nas horas vagas. Amante de esportes, principalmente artes marciais. Última paixão? O boxe. Encaro os treinamentos como encaro a vida: de frente, sem medo. Unindo a força à inteligência. Teatro, cinema e livros são paixões. Amigos? Poucos e bons, sempre por perto. Família é a base de tudo. A vida? Uma verdadeira diversão, repleta de possibilidades

Número de Postagens : 308

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top