You Are Here: Home » Editorias » Mostra presta homenagem aos jogadores negros do futebol brasileiro, no Museu Afro Brasil

Mostra presta homenagem aos jogadores negros do futebol brasileiro, no Museu Afro Brasil

Por Mariana da Cruz Mascarenhas 

negro

A Copa do Mundo já começou e a expectativa dos torcedores das seleções que continuam no torneio só tende a aumentar, pois, afinal, logo mais, no dia 13 de julho, o mundo conhecerá a grande campeã mundial de um dos esportes mais famosos e populares do planeta.

E para receber a grande quantidade de turistas que estão no Brasil desde o dia 12 de junho, são várias as cidades que vêm oferecendo uma variada programação, como shows, bares e exposições.

Em São Paulo, por exemplo, diversos lugares vêm expondo fotografias, vídeos e músicas ligadas ao tema futebol, como é o caso do Museu Afro Brasil, que está completando 10 anos de existência e, para comemorar, inaugurou no dia 14 de junho de 2014 a exposição O Negro no Futebol Brasileiro – A arte e os artistas (Homenagem a Mário Filho).

Recontando a história do futebol brasileiro, a mostra destaca a importância de jogadores negros para o nosso futebol e suas influências na construção da identidade nacional.

Inventado pelos ingleses em meados do século XIX, onde era disputado dentro de colégios ingleses, o futebol chegou ao Brasil em torno de 1894. Neste ano, o paulistano Charles Miller – que havia sido mandado para uma escola pública na Inglaterra, dez anos antes, onde aprendeu a jogar futebol, rugby e críquete – retornou ao seu país de origem com duas bolas de futebol, trazendo assim esse esporte que rapidamente virou paixão nacional dos brasileiros e foi responsável pelo surgimento de tantos craques que fazem do Brasil a nação com maior número de conquistas de Copas Mundiais, sendo cinco vezes campeão do mundo até hoje.

Mas essa festa popular que vemos entre torcedores de diversas classes sociais e etnias presentes no estádio nem sempre ocorreu desta forma. Logo que chegou aqui, o futebol era considerado um esporte da elite branca, de modo que as ligas de futebol eram dominadas pelos aristocratas. Esse cenário perdurou até a década de 1920, quando, a partir de então, essa modalidade esportiva começou a se popularizar e os negros passaram a ser aceitos no futebol, onde merece destaque o C R Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, pioneiro na inclusão destes jogadores.

No Museu Afro Brasil, os visitantes saberão um pouco mais sobre a biografia de grandes jogadores negros que marcaram o passado futebolístico, através de diversos meios como música, vídeos, fotos e esculturas. Entre os craques homenageados na exposição destacam-se: Pelé, Garrincha, Didi, Djalma Santos, Barbosa, Zizinho e Jairzinho, representados em fotografias, gravuras e esculturas.

A mostra também presta uma homenagem ao jornalista e escritor Mário Filho (1908 – 1966), autor da obra clássica O Negro no Futebol Brasileiro. Destacam-se ainda caricaturas dos jogadores e instalações temáticas como a “Stadium”, de autoria do artista plástico Aston.

Serviço:

O Negro no Futebol Brasileiro – A arte e os artistas (Homenagem a Mário Filho)

Museu Afro Brasil

Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque Ibirapuera, Portão 10, São Paulo, SP

Tel: (11) 3320 8900

Terça a domingo, das 10h às 17h (com permanência até às 18h)

Na última quinta-feira de cada mês, o horário de funcionamento será estendido até às 21hs, para atendimento noturno ao público visitante.

Grátis

Até 10 de agosto de 2014

Sobre o Editor

Mariana Mascarenhas

Formada em Jornalismo, especialista em Comunicação Organizacional, trabalho atualmente como Assessora de Comunicação. Também concluí cursos de Linguagem Cinematográfica, Teatro e TV, Designer, Fotografia Digital, entre outros. Sou apaixonada por cultura, principalmente por cinema, teatro e exposição, e adoro analisar os filmes, peças e mostras que vejo. Contato: mariana@matracacultural.com.br

Número de Postagens : 210

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top