You Are Here: Home » Editorias » Música » Homens de Chico entram no universo masculino de Chico Buarque

Homens de Chico entram no universo masculino de Chico Buarque

Por Antonio Saturnino

Primeiro de abril, uma sexta-feira, meu telefone toca no final da tarde. Comecei a conversar com minha irmã e ela me perguntou: “O que você vai fazer esta noite?” e eu respondi: “Vou assistir Homens de Chico”. Ela replicou espantada: “Chico?! de menstruação?!”. Como sei que muitos interpretaram da mesma forma que ela, vamos a uma breve explicação.

Homens de Chico é um espetáculo em homenagem a Chico Buarque, no qual os cantores Renan Barbosa, Marcelo Quintana e Fábio Cadore, interpretam canções que representam os personagens masculinos do artista. “No roteiro, as cenas protagonizadas pelo homem do morro, o operário, o sambista, o amante do futebol, do flerte, da cerveja, mestre no jogo de cintura, dono de certo cinismo e malícia que o definem como típico homem brasileiro. Não se trata apenas de reverenciar o compositor Chico Buarque, mas de resgatar músicas que são parte fundamental da história da MPB e da memória do povo brasileiro”, relatou Maria Teresa Fonseca de Rezende, diretora da Kehper Eventos Culturais, responsável pela direção teatral e produção do show.

Foram dois dias de apresentações (31 de março e 1° de abril) no teatro do Sesc Pompeia, nos quais os presentes puderam se divertir em performances de canções como “Feijoada completa” e até se emocionar durante interpretações como na música “Cálice”. Com afinação e sincronia perfeita dos intérpretes, o show foi ideal para aqueles que dizem adorar as composições de Chico Buarque, mas que não se agradam com sua voz (opinião da qual não compartilho).

Quando o início da apresentação foi anunciado, cada um dos cantores estava disposto em um canto diferente da plateia, vestindo trajes ao estilo “malandro” (alguém imaginou que seria diferente?) e abriram o espetáculo com a canção “A volta do malandro”. Depois se revezaram no palco, horas em solos, horas em duetos e outras em trios, interpretando grandes sucessos como “Construção”, “Samba do grande amor”, Homenagem ao malandro” e “Pedro Pedreiro”.

Este foi um daqueles shows para deixar os fãs de Chico Buarque carentes de apresentações do próprio cantor, com água na boca. É uma pena que o calendário inicial do grupo tivesse apenas dois dias de espetáculo. Mas, fiquem atentos e, a qualquer novidade de novas datas de Homens de Chico (piadinha já esclarecida), matracaremos por aqui.

Setlist

A volta do Malandro
Construção
Samba do grande amor
Minha história
O velho Francisco
Pedro pedreiro
O futebol
Acorda amor
Até o fim
Feijoada completa
Meu caro amigo
Cálice
Samba e amor
Valsinha
Choro bandido
Homenagem ao malandro
Bye bye, Brasil
mano a mano

Juca
Partido alto
Vai trabalhar, vagabundo

 

Sobre o Editor

Antonio Saturnino

Atleta frustrado, jornalista por formação e "cantor" de karaokê nas horas vagas. Sou apaixonado pelas diversas manifestações artísticas, porém com uma relação mais íntima com a música. É ela quem dá ritmo à minha vida e se encarrega de escolher a trilha sonora adequada para cada momento.

Número de Postagens : 372

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top