You Are Here: Home » Editorias » Teatro » Histeria

Histeria

Por Renniê Paro

Um encontro épico entre dois “monstros” da genialidade humana. O embate entre a psicanálise e o surrealismo, a psiquê humana e o delírio imaginário.

Imagine a seguinte situação: Dali encontra Freud em seu consultório, onde ele, atrapalhado por uma série de situações cômicas anteriores, encontra-se segurando uma bicicleta coberta por caramujos, com uma das mãos presa dentro de uma galocha e com a cabeça enfaixada em um turbante. O mestre surrealista, fascinado pela visão, conclui: “O que Dalí vê apenas em sonhos, você vive na realidade!”.

 Priscila-Prade-400x415

Esse encontro e seus desdobramentos são retratados na peça Histeria, de Terry Johnson, com direção de Jô Soares e produção de Rodrigo Velloni. O elenco conta com Antonio Petrin, Cassio Scapin, Erica Montanheiro e Milton Levy.

Durante o espetáculo, as certezas de Freud são questionadas por duas outras personagens, enquanto a obra de Dali é satirizada em uma visão auto parodiada dele próprio. Entre diálogos inteligentes, situações de farsas, ritmo frenético e até alucinações, surge uma das “encruzilhadas” do texto: retirar a essência do mito é minar o fundamento da fé?

Um texto complexo que leva o espectador do riso à reflexão.

Histeria estreia no dia 30 de abril, no teatro Tuca, e fica em cartaz até 31 de Julho.

 

 

Sobre o Editor

Renniê Paro

Jornalista, assessora de comunicação e poetisa nas horas vagas. Amante de esportes, principalmente artes marciais. Última paixão? O boxe. Encaro os treinamentos como encaro a vida: de frente, sem medo. Unindo a força à inteligência. Teatro, cinema e livros são paixões. Amigos? Poucos e bons, sempre por perto. Família é a base de tudo. A vida? Uma verdadeira diversão, repleta de possibilidades

Número de Postagens : 304

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top