You Are Here: Home » Editorias » Dança » Espetáculo de dança “Bent – O Canto Preso” recria o cenário de opressão aos homossexuais na época do nazismo

Espetáculo de dança “Bent – O Canto Preso” recria o cenário de opressão aos homossexuais na época do nazismo

Por Antonio SaturninoAPDSC DIGITAL CAMERA

Ainda mais difícil que ser um judeu durante a era do nazismo, era ser um homossexual. Na época, quem detinha um triângulo rosa na vestimenta, o qual indicava sua condição sexual, era massacrado pelos guardas da SS e humilhado pelos demais presos. Este é o pano de fundo do espetáculo de dança “Bent – O Canto Preso”, adaptação coreográfica do texto teatral “Bent”, de Martin Sherman, em cartaz no Kasulo Espaço de Arte até o dia 3 de agosto. As apresentações são gratuitas e acontecem de quinta a domingo.

Dirigida por Sandro Borelli, a montagem conta a história de um homem perseguido por ser homossexual que, para amenizar os abusos e horrores aos quais era submetido no campo de concentração, se fez passar por judeu. Porém, em meio a todo medo e opressão, ele se apaixona por um homem de quem se torna amigo e amante, o qual exibe com orgulho seu triângulo nas vestes.

O espaço é simples, sem qualquer produção de cenário e, ainda assim, enche os olhos da plateia de lágrimas, devido à interpretação visceral dos dançarinos, que mostram com muita versatilidade e vigor, a atmosfera densa da história, alternando momentos de fragilidade e agressividade. Mesmo sem falas, a coregrafia, expressão corporal e facial transmitem de forma genuína a trama.

Os personagens masculinos foram inseridos num contexto atual, com o objetivo de ampliar a discussão sobre territórios e fronteiras, liberdade e opressão. Embora o cenário seja a Alemanha Nazista, “Bent – O Canto Preso” impressiona pela atualidade do tema. O espetáculo emociona, mostrando com ternura como o amor pode surgir, mesmo em meio à opressão, medo e violência.

Ficha Técnica:

Intérpretes: Amanda Santos, Alex Merino, Francisco Silvino e Rafael Carrion
Concepção, Coreografia e Direção: Sandro Borelli
Trilha Sonora: Sérgio Zurawsky
Luz: Sandro Borelli
Fotografia: FK
Produção: Cristiane Klein


Serviço:

Bent – O Canto Preso
Onde: Kasulo – Espaço de Cultura e Arte
Rua Sousa Lima, 300
Quando: Até 3 de agosto - Quintas, Sextas e Sábados às 21h e Domingos às 20h.
Quanto: Grátis
Informações: 11 36667238

 

Sobre o Editor

Antonio Saturnino

Atleta frustrado, jornalista por formação e "cantor" de karaokê nas horas vagas. Sou apaixonado pelas diversas manifestações artísticas, porém com uma relação mais íntima com a música. É ela quem dá ritmo à minha vida e se encarrega de escolher a trilha sonora adequada para cada momento.

Número de Postagens : 373

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top