You Are Here: Home » Editorias » Literatura » Dias dos Namorados: um pouco de Razão e Sensibilidade

Dias dos Namorados: um pouco de Razão e Sensibilidade

Por Dayane Andrade

dia_dos_namorados

O Dia dos Namorados (12.06) está chegando, e se tem alguém que sabia como escrever um romance é Jane Austen. Já falamos por aqui de um de seus grandes clássicos, Orgulho e Preconceito e hoje, para entrar no clima desta data apaixonante, falaremos de outra grande obra da autora inglesa, Razão e Sensibilidade.

Eu adoro todos os livros dela, mas se você já conhece a história das irmãs Dashwood, (Razão e Sensibilidade) vai concordar comigo que tem certa semelhança com as irmãs Bennet (Orgulho e Preconceito). Não que isso seja algo negativo no enredo do livro, mas é que você pode se frustrar um pouquinho com alguns acontecimentos por já conhecer a fórmula da escritora.

razão e sensibilidadeMas vamos falar de amor! Ah, o amor. Este sentimento predomina no livro. É tudo tão intenso. O romance entre Marianne Dashwood e John Willoughby é tão natural. São tantas as afinidades entre o jovem casal que você vai querer muito que este romance dê certo. Mas, como nem tudo são flores em um namoro, Austen sabe bem como criar um drama e mostra como sofrer por amor é algo doloroso.

Calma, eu sei. O que ninguém quer nesta data é uma história com final triste. Sim, queremos um final feliz com muito amor! E é isso que a autora nos entrega. O primeiro vem para a irmã mais velha de Marianne, a senhorita Elinor Dashwood, que depois de sofrer calada por quase ver seu único amor se casar com outra pessoa por um juramento do passado, tem uma grande demonstração de honra, ao ser pedida em casamento pelo seu príncipe encantado, o Edward Ferrars, que ficou quase na pobreza para não ter que casar uma mulher que lhe daria um grande dote.

Já Marianne, depois de chorar muito e quase morrer de desgosto, se apaixona por um grande amigo da família, o Coronel Brandon, uma pessoa que demonstrou de todas as formas seu amor por ela e por sua família.

Vale a pena ler este livro, conhecer todos os detalhes das alegrias e tristezas de quem ama. Todo mundo merece muito amor nesta vida, principalmente no Dia dos Namorados!

Sobre o Editor

Dayane Andrade

Jornalista, pós-graduada em Teorias e Práticas da Comunicação. Atualmente sou consultora de mídias sociais. Adoro poesia, clássicos da literatura brasileira e estrangeira. Enfim, um bom livro é sempre uma ótima companhia!

Número de Postagens : 138

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top