You Are Here: Home » Editorias » Cinema » Sombras da Noite – É hora do Tim Burton parar de fazer cinema?

Sombras da Noite – É hora do Tim Burton parar de fazer cinema?

Por Juliana Maffia

Imagem de divulgação do Sombras da Noite

Tim Burton é um diretor bem sucedido. Vide seus muitos filmes de sucesso. Ele garantiu seu espaço em Hollywood com sua estética inconfundível e histórias sobre personagens esquisitos. Mas, com o tempo, e possivelmente com mais dinheiro, Burton foi ficando desleixado. Seu mais recente trabalho é a prova disso. Quem assistiu Sombras da Noite sabe do que estou falando.

Baseada na novela americana dos anos 1960, chamada Dark Shadows, o filme conta a história do vampiro Barnabas Collins (Johnny Depp) e de sua família. Amaldiçoado por uma bruxa ciumenta (Eva Green), em 1772, Barnabas perde sua casa, sua noiva e é trancado em um caixão por dois séculos. O vampiro retorna a Collinsport em 1972, preparado para ajudar sua família que não anda bem, isso se a bruxa Angelique permitir.

Quando encontra a família Collins, o protagonista é obrigado a lidar com um grupo altamente disfuncional. Tomando conta de todos está Elizabeth (Michelle Pfeiffer). Mas ela não dá conta de cuidar dos negócios da família, de sua filha Carolyn (Chloe Moretz), de seu irmão Roger (Johnny Lee Miller) e seu sobrinho David (Gulliver McGrath). Elizabeth ainda tem que aguentar a perturbada psicóloga Julia Hoffman que se recusa a ir embora. Para ajudá-la, ela contrata Victoria Winters (Bella Heathcote), uma governanta com um passado sombrio que está muito mais relacionado à família Collins do que todos imaginam.

Dark Shadows fez parte da programação diária americana por seis anos, que somaram ao todo mais de mil episódios. Agora, imaginem tentar condensar issoem apenas UM filme. Pois é, posso dizer logo de cara que esta é uma das maiores falhas do filmes. Burton tenta enriquecer o roteiro com zilhões de detalhes e sub-enredos que apenas deixam o filme mais pobre. Corre em algumas partes e prolonga outras. O roteiro definitivamente é o maior problema deste filme.

A estética de Burton é sempre agradável. Um porto seguro para aqueles que curtem seu estilo. Algumas vezes percebemos que ele se esforça para dar um ar envelhecido ao filme, talvez emulando a novela original. Em contrapartida, a atuação forçada de Johnny Depp, Eva Green e até da Chloe Moretz forçam a barra durante os 113 minutos de filme.

Enfim, fãs de Burton e de cinema fujam que este longa é cilada! Me chamem para um filme de Tim Burton quando ele voltar a fazer coisas legais. Poxa, não precisamos ir tão longe para lembrar dos tempos em que ele fazia filmes divertidos e bem feitos! Fico feliz com aqueles que conseguiram se divertir assistindo Sombras da Noite, porque para mim foi ruim demais.

Sobre o Editor

Ju Maffia
juliana@matracacultural.com.br

Formada em jornalismo, trabalhadora braçal da área de Social Media. Poderia passar o dia assistindo um filme atrás do outro. Mas essa vida não tá facil pra ninguém ;) Também adoro conversar sobre filmes que vi/curto então abusa da caixinha de comentários!

Número de Postagens : 220

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top