You Are Here: Home » Editorias » Teatro » Até que Deus é um ventilador de teto

Até que Deus é um ventilador de teto

Por Renniê Paro

Um jornalista que vive mergulhado em seu mundo – que se resume na mesa do escritório, seu carro com ar condicionado e sua lanchonete favorita – se encontra em uma situação de risco extremo, quando é sequestrado por bandidos.

Em meio a momentos de pânico e ilusões criadas em sua mente, o jornalista repassa momentos de sua vida e percebe o quanto se deixou levar pela maçante rotina, deixando de fato de viver. Confinado em uma sala, o homem começa a ponderar sobre seus excessos e o quanto seus valores foram se modificando ao longo dos anos.

ate-que-deus-e-um-ventilador-de-teto-_Jose_de_Holanda-6326-606x404

A proposta da peça, que conta com direção de Pedro Granato e elenco com Hugo Possolo e Raul Barreto, é que o espectador seja levado a refletir como a classe média lida com as limitações do dia-a-dia e a violência urbana ao qual somos expostos.

Até que Deus é um ventilador de teto está em cartaz no Sesc Pompeia, de quinta a domingo e a temporada vai até 13 de setembro.

Sobre o Editor

Renniê Paro

Jornalista, assessora de comunicação e poetisa nas horas vagas. Amante de esportes, principalmente artes marciais. Última paixão? O boxe. Encaro os treinamentos como encaro a vida: de frente, sem medo. Unindo a força à inteligência. Teatro, cinema e livros são paixões. Amigos? Poucos e bons, sempre por perto. Família é a base de tudo. A vida? Uma verdadeira diversão, repleta de possibilidades

Número de Postagens : 303

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top