You Are Here: Home » Editorias » Teatro » A guerra e a luxúria nunca saem de moda…

A guerra e a luxúria nunca saem de moda…

* Por Renniê Paro

Tróilo e Créssida.  Este é o nome da peça cujo texto é considerado o texto de Shakespeare menos conhecido e encenado, talvez pelo desconforto que causa na plateia. Denominada pelo próprio dramaturgo como uma “comédia sombria”, a peça aborda a moral com muita acidez e propõe ao público uma experiência rara.

Uma comédia amarga sobre uma guerra inconclusiva e um caso de amor frustrado. Com 23 pessoas em cena, a montagem defende a tese de que “a guerra e a luxúria nunca saem de moda”, frase proferida pelo criado grego Térsito. Satirizando aberta e impiedosamente as hierarquias e classes sociais, a Guerra de Tróia transforma-se em cenário para militares estúpidos, nobres fúteis e irresponsáveis, criados de sinceridade desbocada, falsos heróis e mulheres sedutoras e calculistas. Na Inglaterra dos séculos XVI e XVII, Créssida era símbolo da mulher infiel; Tróilus, do tolo traído e Pândaro, do cafetão.

Tróilo-e-Créssida-1024x924

Em um paralelo inquestionável aos tempos atuais, a obra é considerada como o texto de Shakespeare que mais se aproxima do Brasil. As personagens parecem oferecer ao público um espelho extremamente cruel para ser contemplado e verdadeiro demais para ser aceito. Shakespeare apresenta, com ironia avassaladora, um retrato devastador da condição humana em uma denúncia de nossas mazelas profundas.

Toda essa reflexão, que faz rir e também choca, é ressaltada pela direção de Jô Soares. Tróilo e Créssida está em cartaz no Teatro do SESI, de quarta a sábado às 20h e domingo às 19h. E sabe o melhor? A entrada é gratuita e a temporada desse ano vai até 19 de fevereiro, então corre!!

Sobre o Editor

Renniê Paro

Jornalista, assessora de comunicação e poetisa nas horas vagas. Amante de esportes, principalmente artes marciais. Última paixão? O boxe. Encaro os treinamentos como encaro a vida: de frente, sem medo. Unindo a força à inteligência. Teatro, cinema e livros são paixões. Amigos? Poucos e bons, sempre por perto. Família é a base de tudo. A vida? Uma verdadeira diversão, repleta de possibilidades

Número de Postagens : 313

Matraca Cultural © 2012 Todos os direitos reservados.

Scroll to top